Elias João - Creative Copywriter and Stategist
Creative Direction by Rafael Clark 
Copy by João Elias
Music by Diogo Branco 





Who was the greatest villain of all time? Hitler? Lenine? Franco?

Well, its not easy to pick. Or is it?

Plastic represents the greatest threat to mankind since the beggining of time. Its the greatest villain ever.

So, from the partnership between Diogo Branco’s musicality and my pen, “The Greatest Villain Ever” was born.

A song that takes us to the past, so that we can change the future.

Diogo’s post on Instagram


Lyrics

Imagina
Se o Adolfo tivesse sete vidas
E usasse barbas compridas
O que seria do mundo
Ah, se estivesse vivo o Lenine
Bebendo sem medo o seu vodka
Mantendo forte o regime.


Imagina
Se o Osama somasse mais danos
e os anos não fossem impasse
e o tempo por ele não passasse
Ima
gina
Se o Pizarro não fosse um dia
Comido pela terra, o que seria
Deste nosso incrível mundo


Ahhhhhhh,
O tempo p’ra nós é fantástico
E deles eu não tenho pena
Mas hoje há um vilão mais drástico
Uma simples garrafa
Uma simples garrafa de plástico


Imagina
Se o Mao fosse ainda mais mau
O Bénito não ter dito tchau
Como teria sido afinal
Imagina
Se inspirasse ainda o Franco
Curvado e com cabelo branco
O que seria do mundo
Se os vilões não partissem


Ahhhhhhh,
O tempo p’ra nós é fantástico
E deles eu não tenho pena
Mas hoje há um vilão mais drástico
Uma simples garrafa
Uma simples garrafa de plástico


Ahhhhhhh,
O tempo para nós é fantástico
E deles eu não tenho pena
Mas hoje há um vilão mais drástico
Uma simples garrafa
Uma simples garrafa
Uma simples garrafa de plástico


Check out Fast Company’s Article on the idea.





︎